fbpx

Cinco motivos para estudar francês ainda esse ano

pexels tirachard kumtanom

Todo início de ano a gente enche nossa agenda de metas, certo? Se alimentar melhor, praticar atividade física, começar uma pós e aprender um novo idioma. O tempo vai passando e, entre novas metas, algumas vão ficando para trás. Normal e compreensível, afinal a rota pode ser calculada várias vezes, né? Mas que tal repensar algumas metas para colocar em prática ainda esse ano? Por exemplo: na sua listinha estava o sonho de aprender francês? Ele ficou para trás com o passar do tempo? Podemos te ajudar a não deixar essa meta para o ano que vem. 

A Percursos tem alguns programas que vão te ajudar a começar ou a evoluir no idioma. Do básico ao super avançado, você pode terminar 2022 com o francês no seu currículo e nos seus hábitos. Separamos cinco motivos para te convencer a começar no segundo semestre:

  • Adiantar o aprendizado

Se aprender francês é um desejo ou uma necessidade, estudar ainda em 2022 vai te permitir começar o novo ano com o aprendizado adiantado em vários pontos. No nível iniciante, você aprende a se apresentar, os verbos básicos no presente, as saudações necessárias para uma conversa e consegue se virar para pedir informações em uma viagem para um país de língua francesa;

  • Se qualificar para o mercado de trabalho

Para quem está de olho em boas oportunidades de trabalho, saber francês é um grande diferencial. De acordo com a Câmara de Comércio França-Brasil, existem pelo menos 800 empresas francesas de diferentes portes instaladas no Brasil. A França é a principal empregadora e investidora no Brasil, desbancando até os Estados Unidos;

  • Ir estudar fora

Você sabia que a França tem um ótimo programa de atração de estudantes com bolsas incríveis? Algumas instituições de ensino possuem bolsas exclusivas para não europeus e até algumas para brasileiros. Interessante, não acha? Mas para conseguir uma bolsa e dar conta dos estudos em francês é preciso aprender o básico. Não vai perder essa chance, né? 

  • Ampliar a cultura

A França e muitos países de língua francesa são riquíssimos em cultura e história. Ao ter mais contato com o idioma, você vai começar a ampliar seu conhecimento sobre diversas culturas francófonas e aprender bastante sobre elas. Na Percursos, incentivamos o aprendizado além dos livros didáticos;

  • Tirar onda

Quantas pessoas você conhece que falam francês? Já pensou em se diferenciar nos ambientes por compreender uma das línguas mais faladas no mundo? Saber francês pode te destacar em muitos cenários e até te ajudar a tirar onda nas festas de família. 

Vamos começar? 

A Percursos está com turmas abertas para cursos do básico ao avançado. Não perca a chance de começar ainda esse ano e adiantar os estudos. Nossas aulas são ministradas em pequenos grupos, de forma on-line (ao vivo), com muita integração e professores altamente qualificados. 

Acredite: estudar em grupo funciona

pexels monstera

Durante o período mais crítico da Pandemia, a modalidade de aula on-line foi a única opção para o ensino e para o aprendizado. Muitas escolas e alunos precisaram se adaptar de maneira rápida ao formato e, o que para muita gente foi um desafio no início, virou regra. É comum encontrar alunos que não querem mais voltar à sala de aula e nem ao estudo em grupo, mas a gente precisa alertar: ter colegas de turma, ainda que on-line, faz muito bem. 

Estudar em turma promove a troca de conhecimentos e a integração entre diferentes realidades e formatos de aprendizado. O que pode ser mais simples para um aluno, pode ser complicado para outro e os saberes se complementam para o aprendizado coletivo. Além disso, aulas em grupo são divertidas, dinâmicas, promovem amizades e boas histórias. 

Vantagens

Se você ainda está em dúvida se vale a pena se inscrever em um curso on-line e em grupo, nós vamos apresentar alguns motivos para te convencer. Nós priorizamos o aprendizado em turma e temos experiência para garantir que o formato funciona e pode ser bem produtivo. 

Veja alguns motivos para se matricular em um de  nossos cursos

  1. Nossas turmas têm no máximo 8 alunos

Priorizamos turmas pequenas para facilitar a interação e o controle do professor. Com turmas pequenas fica mais fácil tirar dúvidas e promover o relacionamento entre os alunos;

  1. Nossas aulas são dinâmicas e interativas

Nossa metodologia tem o objetivo de fazer com que os alunos se comuniquem entre si e com o professor. Não queremos que os alunos fiquem só ouvindo. Entendemos que conversar na língua estrangeira – e isso é possível até mesmo nas turmas iniciais -faz toda diferença para o aprendizado;

  1. Nossas aulas não são monótonas 

Nossos professores utilizam muitos recursos digitais para descontrair, dinamizar e deixar a aula mais interessante, por exemplo: a divisão em pequenas salas na plataforma do zoom, quizs, enquetes, jogos interativos, discussões com divisão de papéis entre os alunos, vídeos e músicas.

  1. Foco no aprendizado

Como a nossa metodologia é ativa e centrada no aluno, o professor sempre procura trabalhar a oralidade desse aluno. Não existe aula onde só o professor fala. Fique tranquilo porque você não vai ficar em silêncio. Além das aulas participativas com todo o grupo, você também pode marcar gratuitamente horários de plantões com nossos professores para praticar pontos específicos da língua e melhor consolidar os conhecimentos da sala de aula!

Vamos começar? 

Aproveite o início do semestre para se matricular em uma de nossas turmas. Temos grupos para diversos níveis de aprendizado, idade e perfil profissional. Tá esperando o que para estudar francês com o melhor método, melhores professores e ainda fazer amigos e compartilhar histórias?

Como aprender francês pode te ajudar a ir para o Canadá

pexels andre furtado

O Canadá está em alta. O país sempre esteve na lista dos mais procurados por jovens para intercâmbio de estudo e trabalho. Nos últimos anos, passou a ser considerado, também, por pessoas à procura de moradia permanente. Por lá, existe um plano do governo para atrair trabalhadores qualificados e, de 2020 a 2023, o Canadá deve receber 1,2 milhão de pessoas. Se você tem interesse e quer saber como morar no Canadá, este texto tem uma informação importante.  

Antes de tudo, um pouco de história

No século XVI a América do Norte recebeu muitas caravanas de colonizadores franceses. Um das ações deles no território foi a formação da colônia Nova França, que se tornou a região mais desenvolvida do país abrangendo Québec e Montreal.  Hoje, o francês é a língua- mãe de 20,6% de quem mora no Canadá.

Vantagens do Francês 

Como o multiculturalismo faz parte da sociedade canadense, que engloba indígenas autóctones, descendentes dos colonizadores e imigrantes de todas as partes do mundo, essa característica também está no idioma. O Canadá é um excelente país para quem quer aprender tanto o inglês quanto o francês. Já para quem quer ir de forma permanente, saber os dois idiomas é um grande diferencial. 

Funciona assim: basicamente o Canadá tem três programas para atrair profissionais qualificados (Federal Skilled Worker, Federal Skilled Trade e Canadian Experience Class). Os programas são automatizados e monitoram on-line os interessados em morar no país. Além desses três programas, existem também os programas provinciais, isto é, cada província do país pode legislar sobre os trabalhadores que querem atrair. Assim, é também válido conferir caso a caso.

Tá, mas onde entra o Francês? 

Calma, vamos lá. O programa Federal Skilled Worker (Express Entry) facilita o pedido de visto de moradia, sendo possível solicitar e conseguir o visto sem nunca ter pisado no país.  Masssss, tem prova e pontuação. Para testar sua proficiência no idioma, o sistema mais conhecido é o Test de Connaissance du Français (TCF) ou o Test d’évaluation du français (TEF). As notas alcançadas se transformam em pontos e são classificadas de acordo com o Canadian Language Benchmarks – CLB. 

O CLB varia do 4 ao 10 e leva-se em consideração cada item julgado durante o teste: leitura, escrita, fala e compreensão. Desde de 2020 o francês se tornou um diferencial na hora de somar os pontos, facilitando a conquista do visto de muitos brasileiros. Veja só: 

Antes funcionava assim:
  • Candidatos com CLB a partir de 7 em francês (equivalente ao B2) ganhavam 15 pontos de bônus somados ao processo;
  • Quem sabia francês e inglês (CLB 7 francês + e CLB 5 inglês) recebia 30 pontos extras.
Como ficou: 
  • Pessoas com CLB 7 ou maior em francês ganham 25 pontos;
  • Quem consegue comprovar o francês e ter CLB 7 ou maior e o CBL 5 em inglês (em todas as competências da língua), ganha 50 pontos. 

Aparentemente 50 pontos parecem pouca coisa, mas é um diferencial muito grande que pode equivaler, por exemplo, a pontuação de um mestrado ou de uma experiência de trabalho no Canadá. 

Importante saber que todos os pontos são extras e funcionam como bônus. Ou seja, uma pessoa pode ganhar pontos por cada habilidade (falar, escutar, escrever e ler)  e ainda os pontos acima. Isso quer dizer que se, por exemplo, você conseguir um CLB 9 no francês terá ainda outros pontos adicionais pela habilidade na língua além dos 50 pontos por já ter conquistado o CLB7. Muito bom, né? 

Além desse programa federal, as províncias do Quebec, Ontário e New Brunswick, por exemplo, têm programas especialmente dedicados para falantes do francês que possuam as habilidades e competências requeridas. Como o processo de cada um é específico, vale a pena se informar sobre cada um deles. 

Uma dica valiosa

Se você tem vontade de morar e trabalhar no Canadá, já entendeu que o francês pode te diferenciar e colocar à frente de muita gente, né? Para conseguir o visto ou para interagir com os moradores, o idioma é necessário. 

Então está na hora de começar a estudar francês! Aproveite nossas turmas abertas para o segundo semestre. C’est parti ?

Como aprender francês vendo séries

apple tv x

Tem coisa mais gostosa do que descobrir uma série e maratonar no final de semana? E se a gente te disser que dá para se divertir e ainda estudar um pouco? Não é de hoje que as produções cinematográficas e de TV são usadas para aperfeiçoar o aprendizado de um idioma. Geralmente os estudantes de inglês saíam na frente, mas com o aumento dos canais de streaming, como Netflix e Libreflix (plataforma colaborativa), aprendizes de várias línguas também podem se beneficiar. Por exemplo, só na Netflix é possível encontrar cerca de 15 séries para aperfeiçoar o francês e que vão muito além dos looks fashionistas de Emily em Paris (lá na nossa página do Instagram tem algumas dicas de séries incríveis).

Indo direto ao ponto, a gente pode garantir que é possível estudar francês assistindo séries, além de ser bem prazeroso. Quando aprendemos algo novo, nosso corpo produz dopamina (uma substância química cerebral responsável pelo prazer), assim, quando você associa o aprendizado à diversão, existe uma chance grande de você querer repetir a ação, ou seja, o estudo deixa de se tornar um sacrifício. Interessante, né!?

Veja algumas dicas

Apesar do benefício, a gente precisa te alertar sobre um detalhe importante: as séries, filmes ou produções de TV servem como complemento para o estudo e para a prática. Para o aprendizado efetivo, é importante que você tenha um método e o acompanhamento de profissionais qualificados (já conhece nosso time incrível?). Bom, alerta dado, vamos às dicas?

Dica 1 – Se proponha a estudar a partir de uma série que faça seu coração bater, afinal a emoção é algo que favorece nosso envolvimento com o assunto a ser estudado e facilita a aprendizagem;

Dica 02 – Pesquise antes sobre o que se trata a série. Pesquise a história, a ambientação, o gênero e o roteiro principal. Conhecer o conteúdo vai te ajudar a compreender as expressões, as falas e as ações de cada cena;

Dica 03 – Assista em três etapas: com legenda, sem legenda e com legenda em francês. Calma!!! Parece trabalhoso, mas a gente vai explicar o motivo desse processo. Comece com a legenda em português para entender o contexto e se familiarizar com os diálogos. Logo após, assista sem legendas. Ouça as conversas e acostume seu ouvido aos sons em francês, preste atenção ao diálogo e às entonações. Por fim, assista com áudio e legenda em francês, para associar o que é falado ao texto escrito;

Dica 04 – Tenha um objetivo específico ao assistir para estudar. Por exemplo, um dia você prestará atenção nos tempos verbais, no outro nos adjetivos e no outro na linguagem informal. Esse processo vai te ajudar a treinar sua atenção para focar no que é importante.

Dica 05 – Atenção às expressões. Durante a série aparecerão muitas frases que provavelmente não serão encontradas em dicionários comuns. Observe, anote e leve para sala de aula para debater com colegas e tirar dúvidas.

Conclusão

E aí, achou fácil? Agora é só se preparar, pesquisar uma série bem legal, separar a pipoca e aprender se divertindo.

Se você quer começar um novo curso de francês, a Percursos tem um método ideal para te ajudar a aprender a língua mais charmosa do mundo.  Vem com a gente!

Muito mais que um bonjour e um voilà

pexels karolina grabowska

Pão francês, Buldogue francês, croissant…já reparou como o francês faz parte do nosso dia a dia? Quer mais exemplos? Você pode não ter uma quedinha por história, mas com certeza já ouviu falar na Revolução Francesa e como ela deixou heranças para vários países do mundo. Ahhhh e se você gosta de futebol deve acompanhar de perto a Ligue 1 (campeonato Francês de Futebol), né?

Se de alguma forma o francês já faz parte da sua vida, que tal começar a aprender para valer? A Escola de Francês Percursos está com matrículas abertas para o curso intensivo de férias. Com ele vai ser possível aprender a se apresentar, a cumprimentar em francês, a apresentar sua família, o local onde mora e a manter um diálogo básico em francês. O conteúdo contempla também a introdução a aspectos da pronúncia do francês (liaison, ritmo, entonação) que são cruciais para o bom desenvolvimento da expressão oral. Um conteúdo completo para você parar de usar o tradutor francês-português.

Comece o segundo semestre com os estudos adiantados e dê um passo largo rumo à fluência.

Veja abaixo algumas informações do curso.

Francês P1 INTENSIVO (A1.1 – iniciante)

Modalidade: on-line, ao vivo e a cores

Carga horária:  45 horas, sendo 30 horas ao vivo online + 15 horas de estudo programado (metodologia classe invertida).

Turma 1 (noite): segundas, terças e quintas, das 19h às 21h – Início: 04/07| Término: 04/08

Turma 2 (manhã): de terça a sexta, das 7h às 9h – Início: 05/07 | Término: 28/07

Número de alunos por turma: mínimo de 5, máximo de 8

Material didático (obrigatório, a adquirir separadamente): Défi 1 (A1) – Livre de l’élève e cahier d’exercices

Mais uma dica de filme francês grátis premiado para a quarentena!

arte e cultura barbara

Dica de filme francês (gratuito) premiado no Festival de Veneza.

Carrossel da Esperança ou Jour de fête, um clássico do cinema francês

Por  profa. Barbara Dias

A fim de continuar recomendando atividades de qualidade para que esse período de quarenta seja o mais proveitoso e leve possível, a dica de hoje é para mergulhar num dos clássicos do cinema francês, do diretor Jacques Tati. O site português Medeia Filmes tem disponibilizado gratuitamente filmes de cineastas renomados durante toda a quarentena. Nesta semana, é a vez do filme Há festa na aldeia, nome português do filme Carrossel da Esperança, no Brasil, e Jour de fête, título original.

O filme mostra um dia de festa numa praça em uma pequena cidade da França, na qual instala-se um cinema ao ar livre para que os moradores assistam um documentário sobre as proezas dos correios na América. François, o carteiro, sempre foi alvo de brincadeiras feitas pelos moradores da cidade pelo seu modo de trabalho. Após ver o filme, ele decide transformar sua maneira de trabalhar e fazê-la “à americana”.

Este filme é o primeiro longa-metragem do diretor e um dos primeiros em cores do cinema francês e lhe garantiu o prêmio de melhor roteiro no Festival de Veneza, na Itália, e o Grande Prêmio do Cinema Francês, em 1950. Foi filmado com apenas cinco atores profissionais e o restante do elenco é composto por moradores da cidade na qual o filme foi gravado (Sainte-Sévère).

Outro título clássico do diretor é As férias do Sr. Hulot (em francês, Les vacances du monsieur Hulot, 1953), filme que levou mais de um ano para ser lançado devido a diversos problemas como o acidente de carro que Tati sofreu e as constantes brigas do cineasta com os produtores.

Site para este e outros filmes disponíveis gratuitamente: http://medeiafilmes.com/…/ha-festa-na-aldeia/modo/emexibicao .

Para informações sobre nossos cursos, clique aqui.

Siga a Percursos no face e no insta.

TV5MONDE EDU: Aprendizagem de francês para além da aula

atualidades

Attention, francophiles en confinement!

Temos novidades fresquinhas para nossos alunos de francês: uma parceria com o canal TV5 Monde

Como muitos de vocês sabem, a Percursos é uma cooperativa composta por professores com excelente formação na área da didática da língua francesa. Essa formação reflete na preocupação de proporcionar aos alunos a possibilidade de reconhecer o processo de aprendizagem como algo que começa na sala de aula, mas que em nada se restringe a ela.

Nossos alunos e parceiros conhecem bem esse nosso esforço de levar os alunos a expandir os horizontes dos conteúdos estudados. Em aula, isso se dá pela constante exploração de documentos extra-livro, como artigos de imprensa, filmes e livros. Mas não é só isso: para nós, quanto mais contato o aluno tiver com a língua fora da aula, melhor.

Foi nessa linha de continuar a possibilitar uma aprendizagem significativa e de estimular o contato diário com a língua, que a Percursos Idiomas tornou-se uma das primeiras escolas de francês do Brasil a aderir à plataforma TV5MONDE EDU.

A rede TV5MONDE dispensa apresentação, né? É um dos principais canais de televisão da França e terceira maior rede do mundo, com emissões dos mais variados temas. Seu conteúdo de excelente qualidade está sempre entre as principais referências para quem quer ter contato com produções em língua francesa. A palavra “MONDE” revela, ainda, que o conteúdo não se restringe à França, nem ao mundo francófono: através da língua francesa, o mundo todo está na tela da TV5MONDE.

E a TV5MONDE EDU, o que é afinal? Trata-se de uma plataforma em que o conteúdo da TV5MONDE está à disposição para otimizar a aprendizagem da língua francesa. Nela, o assinante tem acesso à programação ao vivo do canal francês, assim como uma seleção de programas francês que somam mais de 100 horas de conteúdo.

Ao acessar a plataforma, os nossos alunos podem buscar o que mais os interessa naquele momento – seja um tema estudado nas aulas, seja outro assunto que ele queira conhecer em francês. Alguns exemplos da seleção da plataforma:

  • DEMO DE MODE: os melhores estilistas do mundo comentam seus desfiles na semana de moda de Paris.
  • 7 JOURS SUR LA PLANÈTE: noticiário semanal em francês sobre os principais acontecimentos no mundo.
  • DESTINATION FRANCOPHONIE: para conhecer países francófonos e iniciativas de difusão da língua francesa em todo mundo.
  • MERCI PROF: o linguista Bernard Cerquiglini apresenta curiosidades sobre a língua francesa.
  • QUÈSACO: pequenos vídeos que explicam telas de artistas como Van Gogh, Renoir, Edgar Degas, entre outros.
  • ECHO-LOGIS: documentário cujos episódios apresentam soluções sustentáveis desenvolvidas ao redor do mundo.

Além disso, tem ainda a oferta da programação infanto-juvenil, com animações de contos africanos, de lendas francesas e de mitologia, além de emissões educativas sobre ciências e vários outros assuntos.

Talvez você esteja pensando: “ah, mas isso é só para alunos avançados”. Nossa resposta é: não! O recurso à legenda em francês auxilia desde os alunos iniciantes. Prova disso, é que em nossas turmas de P2 (A1.2), os alunos já estão trabalhando com diferentes emissões sobre o tema de viagens: a Profª Paula Nogueira propôs as emissões “Embarquement” e “Îles du monde”, e a Profª Lívia a emissão “Destination Francophonie”.

A plataforma TV5MONDE EDU vem complementar e reforçar aquilo que, na Percursos Idiomas, temos como fundamento: levar o aluno à autonomia, a relacionar-se com a língua a partir de temas e materiais que despertam a curiosidade, o interesse, o “aprender a aprender” para além do tempo e do espaço da aula. E, claro, neste momento de pandemia, essa foi a forma que encontramos para deixar o confinamento dos nossos queridos alunos mais leve e mais rico.

Et alors les élèves, o que vocês estão achando da TV5MONDE EDU?

Quer saber mais sobre a Percursos? Fale conosco. Clica aqui!

50 filmes franceses grátis para os dias de quarentena!

arte e cultura 02

Festival Varilux de Cinema Francês em casa!

Assistam! 50 filmes franceses para os dias de quarentena!

Quem é fã do cinema francês aguarda com ansiedade o mês de junho para descobrir as produções contemporâneas no Festival Varilux. Este ano, por conta da crise do novo coronavírus, o festival terá uma edição diferente.

Desde a última segunda (27) o Varilux em Casa disponibiliza 50 filmes que poderão ser vistos de graça até dia 25 de agosto. Uma boa maneira de treinar o francês e ainda relaxar um pouco.

Um dos títulos imperdíveis é o desenho animado “Um Gato em Paris” (Une Vie de Chat), lançado em 2010, com direção da super dupla Jean-Loup Felicioli e Alain Gagnol. Indicado a vários prêmios, como o Oscar de melhor animação, o César (premiação de filmes franceses) e o Prêmio do Cinema Europeu, o longa de 70 minutos surpreende pela criatividade, leveza e narrativa inteligente.

Desenhado à mão e colorido lindamente, “Um Gato em Paris” transporta magnificamente o gênero policial ao mundo infantil. O tal gato do título é Dino e ele tem vida dupla: se de dia ele vive na casa da menina Zoé, à noite ele perambula pelos telhados de Paris com um ladrão de joias.

Vale mencionar também a trilha sonora jazzista de Serge Besset, sincronizada e perfeitamente em sintonia com os momentos da narrativa, aguçando os sentidos e emoções das aventuras de Dino!

A 11ª edição do festival ainda conta com títulos que ficaram em cartaz o ano passado, como a “Revolução em Paris”, de  Pierre Schoeller. Para conhecer a programação completa, acesse o site do Festival Varilux em Casa.

E falando em festivais com suas versões “stay home”, aproveite que a mostra online My French Film Festival foi prorrogada até dia 25 de maio. Opções não faltam, o difícil vai ser saber qual escolher! Fique em casa e aproveite para treinar o francês.

Percursos Idiomas no XXIIo Congresso Brasileiro de Professores de Francês em Brasília

WhatsApp Image at

A Percursos Idiomas participou do XXIIo Congresso Brasileiro de Professores de Francês em Brasília, realizado de 8 a 11 de outubro de 2019, representada pelos super profs BarbaraCaio e Marina e Lívia, apresentando  o tema “Implementação de um projeto institucional: quais os desafios para o professor de línguas?”.

Além disso, nossas proFLEsseures Barbara, Marina e Lívia apresentaram suas comunicações nos simpósios do Congresso. Barbara apresentou seu trabalho com os portfólios de aprendizagem em francês, Marina apresentou os desafios do ensino da expressão oral em francês, e Lívia apresentou sua pesquisa sobre plurilinguismo e intercompreensão na universidade.

Muito orgulho dessa equipe bem formada! 🍀 @ UnB – Universidade de Brasília.